sexta-feira, 28 de abril de 2017

Uma homenagem aos meus avós paternos italianos, que chegaram no Brasil com dois anos de idade, no final do século 19, se fixaram em um sítio em Santa Adélia/SP, criaram dez filhos, sem luz elétrica, sem água encanada, sem estradas, sem automóveis e onde viviam somente do Alimento da Terra. Nasci e morei até os 16 anos de idade neste mesmo sítio, onde dormia em colchão de paina, tomava banho de balde, etc, etc. Aprendi a fazer enxertos de mudas de laranja quando comecei a andar...Éramos "ricos", felizes, saudáveis, sustentáveis e livres, mas não sabíamos!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário